Todos os posts porDra. Priscilla Filippo

Sinais de alerta de deficiência do sistema imunológico

Duas ou mais Pneumonias no último ano Oito ou mais novas Otites no último ano Estomatites de repetição Abscessos de repetição Um episódio de infecção sistêmica grave, como por exemplo meningite Infecções intestinais de repetição / diarréia crônica Asma grave, Doença do colágeno ou Doença auto-imune Efeito adverso ao BCG e/ou infecção por Micobactéria História…

Conjuntivite alérgica

A conjuntivite alérgica é caracterizada por resposta inflamatória da superfície ocular. Afeta aproximadamente 10 a 20% da população, dependendo da região. A alergia ocular representa 10% das consultas oftalmológicas, 25% das consultas do alergista e 5% das consultas do clínico e pediatra. Pode ter como fatores desencadeantes: mofo, infecções respiratórias, mudança de tempo, fumo, pólen,…

Rinite alérgica

A rinite é a inflamação da mucosa de revestimento nasal, caracterizada pela presença de um ou mais dos seguintes sintomas: nariz entupido, coriza, espirros, coceira e diminuição do olfato. A rinite alérgica pode ser desencadeada ou agravada, principalmente pela exposição a ácaros, fungos, pólens, pêlos de animais, barata. Mas também pela exposição a mudanças bruscas…

Asma

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, reversível espontaneamente ou com tratamento, que se manifesta por episódios recorrentes de “chiado” e aperto no peito, falta de ar, tosse, particularmente à noite ou no início da manhã. É uma das condições crônicas mais comuns que afeta tanto crianças quanto adultos. Estima-se que no…

Dermatite atópica

A dermatite atópica é uma doença inflamatória da pele, de caráter crônico, complexa e recidivante que acomete principalmente crianças. No Brasil, a prevalência varia de 8,9 a 11,5%. Apresenta como fatores desencadeantes: poeira, mofo, barata, alimentos e agentes infecciosos. Os sintomas podem variar desde as formas mais leves e localizadas até formas mais graves e…

Alergia à picada de insetos

É a dermatose alérgica infantil mais frequente no Brasil. Tem maior incidência do terceiro mês até 7-9 anos. Acomete qualquer idade, sendo rara em adultos. As lesões são papulosas ou bolhosas associadas à coceira que podem evoluir com sequelas (cicatrizes), estão localizadas principalmente em áreas expostas como face, braços, pernas e tronco. O tratamento é…

Urticária

As urticárias são afecções frequentes e variam entre 15% e 25% na população geral. Cinquenta por cento das urticárias persistem por mais de um ano e 20% podem persistir além de 20 anos causando importante perda da qualidade de vida dos pacientes acometidos. Conforme o tempo de evolução é classificada como aguda (duração menor que…

Reações adversas a medicamentos

Podem ser classificadas como previsíveis (comuns e relacionadas às ações farmacológicas da droga) e imprevisíveis (incomuns e não relacionadas à atividade farmacológica da droga). As reações de hipersensibilidade, segundo a World Allergy Organization (WAO), podem ser alérgicas ou não alérgicas conforme apresentem ou não mecanismo imunológico como desencadeante. A maioria das reações a medicamentos não…

Dermografismo

O dermografismo é o tipo mais frequente de urticária física e está presente em 2% a 5% da população geral. É caracterizado pela formação de pápula e de vermelhidão transitórios em resposta à aplicação de uma pressão na pele (atrito) exercida por um estímulo físico. As lesões ocorrem poucos minutos após o estímulo, são acompanhadas…

1 4 5 6