Alergia a medicamentos – Prevenção

  • Quando precisar ser atendido em um serviço de emergência, solicitar ao médico assistente informações sobre os sinais e sintomas que apresentou e as medicações administradas;
  • Saber o nome do medicamento (genérico e de marcas proprietárias) que desencadeou os sintomas;
  • Antes de usar qualquer medicação sempre ler a bula para verificar a existência ou não da substância que deve ser evitada;
  • Perguntar sobre outros medicamentos com possibilidade de reações;
  • Uso de outras medicações com a mesma indicação terapêutica;
  • O paciente deve dispor de medicação de emergência em caso de sintomas graves (ex: falta de ar, edema de glote, pressão muito baixa,etc) e saber aplicá-la;
  • O paciente deve conhecer locais de atendimento de emergência;
  • O paciente deve ter um cartão de identificação informando as drogas às quais é sensível;
  • Evitar medicações sem prescrição médica e sempre preferir medicamentos por via oral (medicações injetáveis só em hospital).