Alergia à picada de insetos

É a dermatose alérgica infantil mais frequente no Brasil. Tem maior incidência do terceiro mês até 7-9 anos. Acomete qualquer idade, sendo rara em adultos.

As lesões são papulosas ou bolhosas associadas à coceira que podem evoluir com sequelas (cicatrizes), estão localizadas principalmente em áreas expostas como face, braços, pernas e tronco.
O tratamento é evitar as picadas de insetos (uso de telas, cortinas, repelentes, hidratantes, animais de pêlos e dedetização), uso de medicamentos e imunoterapia específica (vacinas) quando necessário.

Fonte
Diagnóstico e tratamento das doenças imunológicas. Mario Geller. Ed. Elsevier. 2005